top of page

METROVIÁRIOS DECIDIRAM, EM ASSEMBLEIA INICIAR ESTADO DE GREVE PERMANENTE


A Companhia Brasileira de Trens Urbanos está no Programa Nacional de Desestatização (PND) e, com isso, Metrô do Recife pode seguir o mesmo caminho do Metrô de Belo Horizonte e ser privatizado.


Os metroviários do Recife decidiram decretar estado de greve permanente diante da situação precária do metrô da capital pernambucana. A categoria deliberou sobre o assunto em assembleia geral realizada, na noite desta quinta-feira (20), na Estação Central do Recife.


Os metroviários também aprovaram na assembleia que o estado de greve permanecerá por 30 dias, até que a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) seja retirada do PND (Programa Nacional de Desestatização).


O Sindmetro-PE (Sindicato os Metroviários de Pernambuco) também aprovou um “estado permanente de assembleia”, ou seja, podendo realizar reuniões setorizadas e, a qualquer momento, deflagrar a greve geral do metrô.

“Temos um Metrô que já transportou 400 mil usuários por dia e, hoje, só transporta 170 mil por falta de condições. O atual governo federal tem informado, em reuniões com a direção do sindicato, que vai promover a retomada dos investimentos no sistema, mas ao mesmo tempo não aceitamos o fato de a CBTU não ter sido retirada do PND”, declarou Luiz Soares, presidente do Sindmetro-PE.

19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page