ūüĒĶ AP√ďS 9 MESES DE PRIS√ÉO, EX-PREFEITO DEM√ďSTENES MEIRA VOLTA PARA CASA

O ex-prefeito de Camaragibe Dem√≥stenes Meira deixou, nesta quinta-feira (19), o pres√≠dio onde estava preso desde junho de 2019, no Grande Recife. Ele foi beneficiado por um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF), concedido na sexta-feira (13). O ex-gestor da cidade, sofreu impeachment. O ex-chefe do Executivo foi preso pela Pol√≠cia Civil dia 20 de junho de 2019, durante a Opera√ß√£o Harpalo, sob suspeita de fraude em licita√ß√£o, corrup√ß√£o, lavagem de dinheiro e organiza√ß√£o criminosa. Ele teve o mandato cassado em novembro do mesmo ano. Desde ent√£o, Meira estava preso no Centro de Observa√ß√£o e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife. De acordo com a Secretaria Executiva de Ressocializa√ß√£o (Seres), Meira deixou o pres√≠dio durante a tarde. Na decis√£o, o STF informou que Meira dever√° cumprir determina√ß√Ķes judiciais. Entre elas, est√£o: permanecer com a resid√™ncia indicada ao Ju√≠zo, atender aos chamamentos judiciais; informar eventual transfer√™ncia e "adotar a postura que se aguarda do cidad√£o integrado √† sociedade". Por meio de nota, o Escrit√≥rio de Ademar Rigueira, dos advogados de defesa de Meira, divulgou uma nota sobre a liberta√ß√£o do ex-gestor. Segundo o comunicado, a Ju√≠za da 1¬ļ Vara Criminal de Camaragibe, Mar√≠lia Falcone, expediu alvar√° de soltura para o ex-prefeito. A defesa informou que "comemora a decis√£o e reafirma que 'finalmente o STF afasta uma pris√£o desnecess√°ria, sem uma fundamenta√ß√£o razo√°vel , que perdurou por longos dez meses. Pris√Ķes desta natureza s√≥ buscam antecipar o cumprimento antecipado de pena, em flagrante afronta √† Constitui√ß√£o Federal'". Por G1

24 visualiza√ß√Ķes