top of page

SÍNDROME DO ENTARDECER

SÍNDROME DO ENTARDECER: O QUE FAZER QUANDO A PESSOA COM ALZHEIMER QUER “IR PARA CASA” ESTANDO EM CASA


A Síndrome do Sol Poente também é conhecida como Síndrome do Entardecer ou Sídrome do Crepúsculo.

Caracteriza-se, nas pessoas com doença de Alzheimer, pelo aumento dos sintomas de memória (esquecimentos), confusão, delírio, agitação e ansiedade que surgem por volta das 17hr, quando começa a escurecer.

▶️ Conheça melhor os sintomas da Doença de Alzheimer.

Uma das manifestações mais freqüentes desta sídrome é a de “querer ir para a casa”. Quando o sol começa a se por, ou seja, quando começa a entardecer, o portador da doença de Alzheimer começa a achar que a casa em que está não é a sua própria casa. Mesmo quando está em casa. Insiste que precisa ir embora para a casa

Neste momento, é importante que o cuidador, seja ele profissional ou um familiar, tenha muita paciência.

Deve mostrar ao idoso os ambientes da casa, seus objetos pessoais, o quintal com suas plantas, sinalizando que ele está sim na própria casa. ❌ MAS NÃO INSISTA‼️‼️‼️‼️

Muitas vezes, o idoso se convence e se acalma. Se esta técnica não funcionar, recomenda-se a sair de casa com o idoso, de carro ou a pé. Após uma volta na rua, o paciente costuma aceitar que está em casa quando retorna.


ATENÇÃO‼️‼️: NÃO é prudente discutir ou insistir com o idoso que ele está sim em sua casa. Isso pode gerar agressividade verbal ou até física em alguns casos. Além disso, outros sintomas podem piorar

Também são bastante relatados os casos de pessoas com Alzheimer que fazem a mala, com suas roupas e alguns pertences pessoais para a mudança. Ficam o tempo todo segurando a mala e esperando que alguém venha buscá-las. Neste momento, é muito importante trancar todas as saídas da casa (portas e janelas). Há o risco de o idoso sair de casa e se perder na rua.


Neste caso, a recomendação é a mesma: Não‼️ discutir, tentar mostrar através dos ambientes e objetos pessoais que está em casa. Ou dar uma volta e voltar para casa.

Não existe explicação científica para esta síndrome. Acontece em aproximandamente 20% dos pacientes com doença de Alzheimer. Na grande maioria das vezes, acomete pessoas em fase intermediária da doença e tende a desaparecer conforme a doença evolui.

Tratar estes sintomas não é fácil. Muitos cuidadores perguntam se poderiam dar a medicação da noite mais cedo, na tentativa de antecipar os efeitos.

Outros perguntam se podem dar um “calmante” ao idoso perto das 17hrs. Porém, nenhuma destas condutas é recomendada, embora esta segunda opção (“calmante”) não seja descartada dependendo do nível de agitação que o idoso apresente neste momento.

Outras medidas podem ser tomadas para evitar a síndrome do Sol Poente:

✔️Evitar qualquer tipo de estimulação, como receber visitas.

✔️Evitar cafeína e açúcar, mantendo uma alimentação balanceada, saudável e nutritiva.

✔️Limitar o tempo de cochilo durante o dia.

✔️Incentivar exercícios, como uma caminhada.

✔️Desenvolver atividades recreativas.

Se nada disso resolver, é importante consultar o Geriatra para que ele possa receitar medicamentos para encurtar o período da síndrome e/ou evitar que ela ocorra.

A síndrome do Por do Sol é uma das que mais aumentam o estresse do cuidador e concorre para a institucionalização do idoso)

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ADESÃO DE CAMARAGIBE AO GRANDE RECIFE TRANSPORTES

A ampliação está dividida em duas etapas. Na primeira, iniciando na segunda-feira (10), haverá modificação de linhas existentes para atender às localidades de Santa Tereza, Clara Lopes, Casinhas e PII

Comments


bottom of page