top of page

O QUE É DST?


DST é a sigla usada pelos médicos para identificar um conjunto de diferentes doenças que têm como característica comum o fato de serem transmitidas de um indivíduo a outro principalmente por meio do contato sexual.

O fato de uma doença ser classificada como DST não significa que a pessoa a contraiu por meio do sexo desprotegido. As DSTs podem, de modo geral, ser DSTs transmitidas pelo contato com secreções e com o sangue de uma pessoa que possui a doença.

A sífilis, por exemplo, é uma das DSTs mais comuns, sendo que ela pode ser passada de mãe para filho durante o nascimento da criança.

Quais são as DSTs mais comuns?

Entre as DSTs mais comuns, podemos destacar: clamídia, herpes, HIV, HPV, cancro mole, sífilis e gonorreia.

A AIDS também é uma DST, sendo que ela recebe a classificação de IST (infecção sexualmente transmissível), que é um outro tipo de DST.

Quais são os sintomas de DST?

Cada tipo de DST apresenta um conjunto de sintomas diferentes, de acordo com a doença contraída pelo paciente.

Alguns desses sintomas podem ser dor na região genital, ardência ao urinar, feridas que surgem nos genitais e no ânus, verrugas localizadas, bolhas, coceira na região e eliminação de secreções diversas por meio dos genitais.

Para ter um diagnóstico preciso e correto de DST, é preciso ir ao hospital e passar em uma consulta com o médico ginecologista, no caso das mulheres, e com o médico urologista, no caso dos homens.

Geralmente, a DST tem cura, sendo que a trilha de tratamento a ser seguida depende da doença que foi contraída pelo indivíduo. Algumas condições, como a AIDS, vão precisar de um tratamento que pode durar toda a vida.

Complicações

Além disso, algumas DSTs podem apresentar sérias complicações, que precisam ser tratadas o quanto antes.

Entre eles estão: esterilidade, aborto, nascimento de bebês prematuros com problemas de saúde, deficiência física ou mental, alguns tipos de câncer. “Se não tratada corretamente uma DST pode trazer consequências graves além de impedir o sonho de ter um filho”, ressalta o médico.

Tratamento

Tratamento de ISTs

A maioria das ISTs pode ser tratada de forma eficaz com medicamentos (antibióticos para infecções bacterianas e medicamentos antivirais para infecções virais).

27 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page