top of page

JUSTIÇA CONCLUI QUE EX-PREFEITO DE CAMARAGIBE, JOÃO LEMOS NÃO AGREDIU SUA ESPOSA E REVOGA MEDIDAS

Diante da falta de evidência de que o ex-prefeito de Camaragibe, Dr. João Lemos, teria agredido sua esposa, a Justiça determinou a revogação das medidas protetivas e arquivamento do inquérito contra o acusado.


"As investigações realizadas permitiram verificar que os fatos não se deram conforme inicialmente noticiado, razão pela qual o imputado não foi indiciado e o I.P foi devidamente arquivado."


O caso aconteceu no mês de março deste ano, e repercutiu na imprensa local e do grande Recife. Jaqueline Silva, mantinha um relacionamento com o ex-prefeito desde 2021.

O advogado do ex-prefeito emitiu uma nota comunicando a decisão da justiça.


NOTA


Dr. João Lemos foi acusado injustamente por sua ex companheira de agressão física. A delegada da mulher concluiu pelo não indiciamento explicando que não houve agressão física. A Promotora de Justiça representante do Ministério Público entendeu que também não houve qualquer tipo de agressão. A juíza da vara especializada da Vara de Violência Doméstica acatou a posição da Delegada, do Ministério Público e da Defesa determinando a revogação das medidas cautelares e absolvição do Dr. João Lemos.

Dr. João Lemos vive sua vida particular como vive sua vida pública, com muito respeito, seriedade e respeito as leis.


A nota é assinada pelo Advogado Mário Sergio Galvão, Mestre em Direito na Universidade de Coimbra/Portugal.



45 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page