ELEIÇÕES 2020 – O PERIGO DAS FAKE NEWS NA ELEIÇÃO MUNICIPAL

Por Jorge Ricardo.

Quando pensamos em Fake News, normalmente relacionamos com algo parecido com boatos ou fofocas, mais não é bem assim. As fake news são conteúdos deliberadamente falsos, que é divulgado de uma forma que se passa por uma notícia verdadeira é distribuído em redes sociais, em Camaragibe tendo a principal ferramenta pra propagação o Facebook “através de paginas falsas” e WhatsApp “em grupos”, no intuito de gerar beneficio para algum candidato na eleição que se a próxima.


Incidentes como o compartilhamento de fake news é algo muito difícil de evitar, pois não existem ferramentas que protejam os alvos, porém os eleitores tem o papel fundamental para combater esse mal na cidade.


As eleições municipais estão chegando, nada melhor do que falar um pouco sobre “FAKE NEWS”, um assunto muito presente em nossa cidade e que precisamos está em alerta para as consequências que esse mal pode causar no resultando das eleições. Nesse período eleitoral, foram criados diversos perfis e paginas falsas no Facebook, sugiram blogs irresponsáveis e contas de WhatsApp com identidades não reveladas que são responsáveis pela propagação de notícias falsas que atingir alguns dos principais pré-candidatos a prefeito e vereadores da cidade.


Infelizmente são poucos os que fazem política pautada na ética, moral e comprometidos com o projeto de uma cidade melhor, não dando margem para criação de tais noticias falsas. Sem dúvidas vocês já ouviram falar do tal “Gabinete do Ódio” que tem como a função de criar conteúdos pra denegrir a imagem de políticos, figuras públicas e moradores de Camaragibe. Existem também aqueles que são os “Fofoqueiros Digitais” que tem o papel de manipular imagens áudios e vídeos de acordo com seus interesses e de seus financiadores. O que nos deixa perplexo é tal atitude ser aplaudida por alguns “políticos” que, de certa forma, tiram proveito das armações.


As fake news sempre tem um endereço certo, se não combatida, ela pode ter você como destinatário. Pessoas que dizem ou estão de fato comprometida com a cidade e seu bem estar, devem sempre analisar as notícias recebidas através dos Facebook e WhatsApp que são as principais ferramentas utilizadas pelos criminosos digitais. Ao receber uma informação duvidosa, pergunte a si mesmo, quem se interessa esse tipo de informação? Qual é a fonte? Tenho firmeza da veracidade de tal conteúdo? Assim começaremos a combater esse mal que tem a principal função atrapalhar um debate eleitoral construtivo.


Para finalizar esse artigo, devo lhe dizer que não devemos se aproveitar da nossa opção politica na cidade e utilizar as noticias falsas pra denegrir a imagem do candidato que não simpatizamos. Lembrando que a vida é uma via de mão dupla, amanhã você pode ser a próxima vítima.

38 visualizações