top of page

ASSOCIAÇÕES DIVULGAM RELATÓRIO DA VIOLÊNCIA CONTRA MOTORISTAS DE APLICATIVOS NA REGIÃO METROPOLITANA

O número de motoristas baleados aumentou 43% em 2021, de acordo com aplicativo Fogo Cruzado"

A Associação dos Motoristas e Motofretistas por Aplicativos de Pernambuco, AMAPE, junto com o movimento Livres, divulgaram dados do relatório anual da violência, do aplicativo Fogo Cruzado.

O número de motoristas de aplicativos baleados em 2021, teve um aumento de 43%, em relação ao ano de 2020. Dez motoristas de aplicativos foram baleados em 2021, destes, 7 morreram.

Outro dado que assusta, é a violência contra moto taxistas. Foram 20 baleados em 2021 e destes, 19 morreram, um aumento de 18%, no número de casos.

Segundo o presidente da AMAPE e Líder Livres, Professor Thiago, desde novembro, quando a AMAPE e o Movimento Livres estiverem na SDS, foi feita uma pesquisa para ouvir os motoristas, sobre a possibilidade de blitz mais ostensivas com foco no usuários.

“95,7% dos entrevistados são a favor de que as blitz da Operação Lei Seca, Polícia Militar, BPTran, BPrv e Guardas Civis municipais, tivessem como foco também, a abordagem dos passageiros”, disse.

“92% dos motoristas que responderam, também são a favor da utilização de um adesivo no pára-brisa dianteiro, para melhor identificação dos veículos de aplicativos pelas forças policiais”, completou, Thiago.

O presidente da AMAPE também alerta para a importância das empresas estarem inseridas neste processo. “Os cadastros dos usuários são péssimos. As empresas precisam urgentemente implantar o reconhecimento facial do passageiro e também disponibilizar a foto para o motorista, antes do embarque”, se referindo a Uber e 99, que ainda não oferecem esta opção.

O próximo passo será o agendamento de uma nova reunião junto a SDS, para apresentar os dados coletados e avançar na implementação da “Operação APP Seguro”, sugerida pela AMAPE e pelo Livres.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page