top of page

ASSALTANTE DE MOTORISTAS DE APLICATIVO ROUBAVA CARROS PARA VENDÊ-LOS EM OUTRAS CIDADES, DIZ DELEGADO


As informações fora repassadas pelo delegado responsável pelas investigações, Ricardo Lima, da Delegacia de Jaboatão dos Guararapes.

"Foram identificados três indivíduos que participavam desses roubos. Dois foram localizados e já estão presos. Um deles é o que participa do vídeo que foi amplamente divulgado nas redes sociais. O outro é o seu comparsa que por vezes participava dos assaltos, mas nem sempre estava junto, e o terceiro é um que tinha participação de menor importância que o levava até o local onde seria chamado o Uber para ser praticado o assalto", detalhou.


De acordo com o delegado, os criminosos usavam os aplicativos de transporte com nomes falsos para chamar a corrida. "Quando embarcavam, pouco tempo depois anunciavam o assalto e levavam os pertences e subtraíam também os veículos. Nossa estimativa é que pelo menos 15 veículos tenham sido subtraídos", continuou Ricardo Lima.

As investigações sobre os membros da quadrilha começaram em agosto de 2021, quando uma vítima procurou a Delegacia de Jaboatão para noticiar que havia sido roubada.

"[A vítima] tinha sido chamada para uma corrida e no meio do caminho acabou sendo roubada. Anunciaram o assalto e subtraíram seu aparelho telefônico, dinheiro que ela tinha. E em segudia levaram seu veículo a deixando em Jabotão onde foi socorrida por populares até a delegacia", acrescentou o delegado.


Por fim, o delegado reitera que o principal objetivo da quadrilha era roubar os carros, apesar de também levar outros pertences como celulares e dinheiro.

"Eles sempre levavam o veículo. O veículo era vendido em outras cidades. O interesse maior desses criminosos era a subtração dos veículos", finalizou o delegado, complementando com a informação de que um dos veículos roubados pelos homens foi recuperado na Paraíba.


Dois assaltantes foram presos, Um deles é o homem que aparece em imagens divulgadas recentemente de um assalto a motorista em São Lourenço da Mata, ele foi liberado em audiência de custódia, o que gerou revolta na categoria de motoristas de aplicativos que chegou a fazer um protesto fechando a Av. Belmino Correia na divisa entre as cidade de Camaragibe e São Lourenço. O terceiro envolvido continua foragido. Os criminosos serão autuados por roubo e extorsão, uma vez que em um dos crimes conseguiram a senha do cartão de uma vítima e fizeram saques.







146 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page