top of page

A mulher agredida deu entrada no CEMEC e foi amparada pela equipe da Guarda Municipal, brigada Maria da Penha que seguiu até a residência de familiares do agressor no Alto Santo Antônio e conseguiu detê-lo. O acusado não reagiu e foi conduzido para central de flagrantes da capital. Ele ficará a disposição da justiça e a vítima receberá acompanhamento dos órgãos de defesa da mulher.




55 visualizações

Segundo informações repassadas pelo conselho tutelar de Camaragibe, o caso ocorreu no bairro do Areiro na madrugada desta quarta-feira (31), quando um recém-nascido foi encontrado abandonado no quintal de uma residência. Três jovens que passavam pelo local avistaram a criança, ainda com o cordão umbilical, e imediatamente acionaram ajuda.


O bebê foi levado às pressas para o Hospital Aristel Chaves, onde recebeu os cuidados médicos necessários. As autoridades foram acionadas, incluindo a ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) e a conselheira tutelar professora Iris, que se dirigiram para o Hospital Barão de Lucena, onde a criança foi transferida para acompanhamento médico mais especializado.


A mãe do bebê, uma jovem de apenas 17 anos, foi localizada pelos Guardas Municipais. Ela relatou que escondeu a gravidez por medo da reação da família e acabou tomando a decisão de abandonar a criança. A situação envolvendo a mãe será investigada pelas autoridades competentes, e as medidas necessárias serão tomadas para garantir a segurança e o bem-estar do bebê.


A prioridade agora é garantir que o bebê receba os cuidados necessários e seja encaminhado para um ambiente seguro. A assistência e apoio à mãe também são cruciais nesse momento, a fim de compreender as circunstâncias e oferecer o suporte necessário para que ela possa lidar com a situação de forma adequada.





81 visualizações

Os perfis fakes menosprezam o trabalho das autoridades de segurança, geram pânico na população com falsas notícias para posteriormente favorecerem os candidatos que estão por trás.



É extremamente preocupante que políticos de Camaragibe estejam utilizando as redes sociais para disseminar notícias falsas e espalhar fake news sobre a cidade. Infelizmente, é comum que em períodos eleitorais surjam diversos perfis falsos com o intuito de manipular a opinião pública.


As notícias falsas têm o poder de chamar a atenção dos internautas e, posteriormente, esses perfis podem passar mensagens que favorecem o candidato por trás deles. Essa prática é antiética e compromete a integridade do processo eleitoral, além de prejudicar o trabalho da polícia e criar pânico na população.


É fundamental que a população esteja atenta e saiba identificar e denunciar as fake news. É responsabilidade de todos combater a disseminação de informações falsas, buscando fontes confiáveis e verificando a veracidade das notícias antes de compartilhá-las.

Além disso, é importante que as autoridades competentes estejam atentas a essas práticas e tomem medidas para coibir a disseminação de fake news. A legislação eleitoral deve ser aplicada de forma rigorosa, punindo aqueles que utilizam essas estratégias desonestas para obter vantagens políticas.


No caso específico de Camaragibe, é ciente nomes e grupos políticos contumazes nessa prática o que facilita a investigação das autoridades

A informação correta e transparente é essencial para o bom funcionamento da democracia e para o desenvolvimento de uma sociedade informada e consciente. É necessário que todos sejam responsáveis ao compartilhar informações, evitando a propagação de notícias falsas e contribuindo para um ambiente digital mais saudável e confiável.




45 visualizações
bottom of page